Pintura setorizada: modernidade e estilo para os ambientes

Tempo de leitura: 3 min

Escrito por Carlos Meira
em dezembro 7, 2022

Saiba a influência que as cores podem trazer para o seu dia a dia

As cores carregam diferentes significados e estimulam nossos sentidos de diferentes maneiras em nosso cotidiano. Por isso, são calculadamente pensadas para integrar lugares que recebem muitas pessoas diariamente, como bares e restaurantes.

Em nossos lares, não seria diferente. Pensar nas cores de tinta para parede é essencial ao reformar uma casa ou apartamento, afinal, é onde passamos a maior parte do tempo.

Muitas vezes, pensamos mais no revestimento, móveis e demais objetos de decoração, e acabamos não dando atenção às cores, esquecendo da personalidade que trazem.

Quando se trata de espaços pequenos, as cores podem ajudar a ampliar o local, dividindo-o em ambientes diversos apenas com tons e texturas diferentes nas paredes. Essa técnica é denominada pintura setorizada.

Tendência nas áreas da arquitetura e design de interiores, com o aumento de estúdios e apartamentos com um dormitório, a pintura setorizada tem sido a opção de várias pessoas para diversificar os espaços.

Sobretudo após a pandemia da covid-19, com a relação das pessoas e seus lares mudando e ficando ainda mais estreita, renovar a casa passou a representar, também, a garantia do bem-estar cotidiano.

Para que a pintura seja bem-sucedida, é necessário ter o material adequado, pois só assim o resultado será satisfatório. Investir no equipamento certo garantirá que você não perderá dinheiro e ainda conseguirá deixar a casa como idealizou.

Se você está considerando pintar seu lar ou escritório, deixaremos aqui algumas dicas para ficar a par de tudo o que precisará considerar (e comprar) para realizar sua reforma.

Combinação de cores

Estudar diferentes paletas de cores, avaliando o conjunto de móveis e demais objetos de decoração, é imprescindível. Consultar um círculo cromático pode ajudar, além de definir com antecedência qual será o tema da sua decoração, para que as cores conversem com os demais elementos.

Para ambientes com menos luz e espaço, o ideal é optar por cores mais claras. Tons terrosos podem dar um ar mais aconchegante e combinam com plantas e objetos decorativos em tons de verde.

No caso da pintura setorizada, é importante pensar em cores complementares bem diferentes umas das outras. Isso evidencia a distinção de ambientes. Nesse ponto, a textura ou a direção em que se pinta também podem ser diversas.

Você pode querer uma cor que não exista já pronta e disponível para a compra. Nesse caso, peça, no local onde comprar as tintas, que façam a mistura para chegar ao tom desejado. Fazer esse procedimento em casa pode trazer o risco de manchar a parede e aplicar tons diferenciados, sobretudo se a tinta acabar. Garanta que a cor será a mesma em toda a parede.

Qual tinta comprar?

Secagem rápida, antimofo, antialérgica, antimanchas, lavável, sem cheiro em excesso. Essas são algumas das características essenciais que uma tinta para parede deve conter.

No mercado, existem várias opções que carregam essas características com tecnologias de ponta. Além de acelerar o processo da reforma sem afetar os moradores do imóvel, atingem as cores esperadas sem precisar de muitas demãos.

Nesse ponto, veja como um investimento, pois os valores podem ser maiores do que os das tintas que hoje quase não são mais produzidas. Entretanto, causam menos efeitos colaterais, como sujeira, e você precisará de uma menor quantidade.

Quais pincéis usar?

Para preencher a parede e dar a ela a textura que se espera, seja lisa ou não, é preciso comprar os materiais adequados. Primeiramente, para esse tipo de trabalho, a ferramenta que você deve buscar é a trincha.

Diferente do pincel, ela possui um formato mais achatado, com mais cerdas, e é propícia para acabamentos de obras maiores e pinturas de parede. Além das trinchas, você pode usar também rolos. Eles agilizam a pintura, principalmente se a parede for grande, mas não são os mais adequados para acabamento.

Preparação do espaço

Escolhido o tema da decoração, as cores utilizadas, comprada a tinta e os equipamentos adequados, chega o momento de preparar a casa. Não deixe de forrar bem o chão e os móveis. Tenha por perto removedores de tinta, pano e água para qualquer emergência. Cuidado com os olhos e com a pele! Faça testes na parede antes de pintar trechos maiores. Pode ser que, ao testar, a cor não fique exatamente como você pensou.

Você vai gostar também:

JUNTE-SE Á NOSSA LISTA DE SUBSCRITORES

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade