Restauração de carros antigos: passos, dicas e melhores práticas

Tempo de leitura: 3 min

Escrito por mateus
em novembro 9, 2023

Saiba quais detalhes precisam da sua atenção para realizar um ótimo processo de restauração

Muitos acreditam que carros antigos são apenas peças que devem ser exibidas em museu e que contam a história de determinada época. Entretanto, eles não podem ser resumidos apenas a isso. Para vários apaixonados por automobilismo, restaurar carros antigos é uma maneira incrível de demonstrar sua paixão por esses veículos — às vezes, até mesmo adicionando diferenciais próprios para torná-los ainda mais especiais.

Porém, quem tem vontade de realizar uma restauração como essa nem sempre sabe como e por onde começar. Quais são os primeiros passos desse processo? Onde é possível encontrar peças adequadas para o veículo, como pneus, assentos, componentes do motor e outras? Quais são as melhores práticas que se deve adotar para garantir uma restauração bem-feita?

Abaixo, conheça as principais dicas e instruções de como fazer uma boa restauração, trazendo um carro antigo de volta à vida.

Escolha bem o carro

Antes mesmo de começar a restauração, já é preciso ter atenção na escolha do carro, pois isso é fator decisivo em relação ao tempo e custo de todo o processo. É normal que muitos iniciantes fiquem tentados em querer fazer um grande desafio (mesmo sem ter experiência) ou escolher um modelo apenas pelo significado especial que ele tem.

Contudo, o certo é não trilhar esse caminho. Quem sonha em restaurar um grande carro deve começar a acumular experiência restaurando outros veículos, já que a tendência é ir melhorando à medida que se conhece melhor os pormenores do procedimento e adquire aprendizado. É preciso ter atenção também à idade e à raridade do automóvel, pois são aspectos que impactam no valor. Quanto mais antigo e raro o carro é, mais caro são as peças. E quanto mais deteriorado o carro estiver, mais peças serão necessárias comprar.

Compre as peças para restauração

Além da escolha do carro, outro ponto-chave é providenciar as peças, evitando, assim, interromper o processo por causa da ausência de alguma. Vale lembrar que o prazo de entrega varia e pode ser muito grande, havendo demora até que todas as peças sejam entregues. Por isso, é interessante estudar esse ponto antes mesmo de comprar o carro desejado.

O ideal é consultar a opinião de especialistas no assunto e conversar com outras pessoas que já fizeram restauração. Isso te permitirá conhecer melhor como funciona esse mercado, qual é a facilidade de encontrar peças de determinado veículo e qual é o nível de dificuldade da restauração de um modo geral. Outra dica valiosa é fazer um estoque de peças para substituição, já que, em muitos casos, a fragilidade do automóvel pode exigir uma manutenção mais frequente.

Inicie pela parte mecânica

Para evitar imprevistos, o melhor é começar a restauração pela desmontagem do veículo. Isso te possibilitará fazer uma análise minuciosa e entender o funcionamento mecânico do carro. Agora, se o seu desejo é focar a restauração na parte estética, é importante verificar essa questão antes de comprar o automóvel.

Desmonte e faça a funilaria

Pesquise imagens e monte uma galeria com referências para ter certeza do resultado que você pretende alcançar com a restauração. Dessa forma, você pode desmontar as peças e remover a pintura para ter uma avaliação mais apropriada de como a restauração da funilaria deve acontecer.

Hora da pintura

Depois de separar as peças, procure um especialista em pintura para se instruir sobre qual é a tinta mais apropriada para esse tipo de serviço e como fazer a pintura corretamente. Uma dica valiosa é utilizar um colorímetro para garantir o tom exato que você deseja aplicar em cada peça.

Faça a montagem

Após a pintura, por fim, é hora de fazer a montagem, etapa que precisa de muito cuidado. Considere o acabamento, os itens de fixação e como será a estratégia de encaixe das peças. Quando a montagem estiver finalizada, lembre-se de guardar o carro em uma garagem apropriada, para que a conservação dure por mais tempo.

Você vai gostar também:

JUNTE-SE Á NOSSA LISTA DE SUBSCRITORES

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade